terça-feira, 10 de junho de 2008

Corte de cabelo

Eu já tinha feito pesquisa de mercado com as brasileiras que estão aqui, já tinha conversado no trabalho com a mulherada descolada, com as conservadoras, mas ainda não estava feliz com nenhuma opção de cabeleireiro... uns eram caros demais, outros eu não tinha gostado da "cara" do salão, outros eram longe e fora de mão para chegar, enfim, estava na hora de cortar o cabelo e eu não sabia onde ir.

Mas aí no final de semana, rodando pra lá e pra cá, descobrimos um shoppinzinho aqui perto e um salão muito bacana (iluminado, amplo, limpo, bem decorado, profissionais bem apresentados) e com o melhor de tudo, um preço muito atrativo!! Atrativo = barato. :)

Resolvi que seria lá q eu iria voltar e hoje voltamos. Fomos lá eu e o maridão e resolvemos os dois cortar as madeixas (hum... tá bom, vai... não temos madeixas, mas cortamos os dois cabelos prá valer!).

Eu logo fui atendida pela Widad, uma síria com uma maquiagem bem forte, uns 40 anos de idade e bastante simpática. Durante o corte conversamos bastante e descobri que ela é engenheira, que está aqui no Canadá há quase 4 anos e como era difícil conseguir a equivalência do diploma de engenheira dela, ela tinha resolvido fazer 1 ano de escola de cabeleireiros e agora trabalhava no salão. Que cortar cabelo era o hobby dela na Síria então aqui, optou por seguir carreira nisso. Ela tem 3 filhos, 2 terminando o colegial daqui e um já na faculdade. Por eles, diz q fica aqui para sempre mas q sente muitas saudades da "casa" dela. O marido tbm é engenheiro, mas não seguiu outra carreira, fica 3 meses aqui e 3 meses na Síria e só trabalha quando está por lá.

O legal é q a conversa rolou, ela foi cortando meu cabelo do jeito q eu tinha pedido, notei q ela separava e cortava igualzinho faziam no Brasil... com educação, sempre me mostrava o comprimento para ver se eu aprovava, perguntava sempre, foi muito gentil mesmo. Terminou que adorei o corte!! O maridão tbm aprovou, tanto o meu corte qto o dele, mesmo não tendo conversado tanto com a mulher q fez o corte dele! rss

Peguei o cartão com o nome dela, já combinei que agora, de 4 em 4 meses ou até um pouco mais (pq realmente às vezes chego a ficar até 6 meses sem cortar o cabelo) eu voltaria lá para cortar com ela novamente. Ela ficou super feliz e percebi que tinha ganhado, além de uma ótima cabeleireira, uma futura colega de imigração. Ela perguntou bastante sobre o Brasil, sabia muita coisa inclusive (acertou q falamos português!) e realmente, foi uma ótima experiência.

Ah, detalhe q aqui quem tem o cabelo abaixo do ombro paga mais, pelo menos no salão que nós fomos. E olha q pedi para cortar repicado e tbm cortar a franjinha. Mas no final, tudo ficou assim: lavagem + corte + corte abaixo do ombro + secagem = 19.65. E como é um serviço, deixei uma gorgeta boa para ela tbm. No total, tudo deu menos de 25 dólares. Bem razoável, né?

bjs,
Ci.

10 comentários:

Re disse...

Oi Ci,
Que ótimo, assim já vou ter uma indicação quando chegar! rsrs
Hei, colocar uma fotinho aí de como ficou :)
Beijos

Andréa disse...

Cinthia, vou querer esse contato depois, viu?? Vou gastar uma nota pra manter meu cabelo curtinho do jeito q uso aqui, mas detesto usar cabelo comprido... e já que vc descobriu esse salão bom, bonito e barato, é lá que eu vou!!!

Bjs!

Andréa

Anne, Samir e Gabriel disse...

Uma amiga indicou o teu blog após ler o post de hj, que fala justamente dessa preocupação da gente [leia-se corte, escova, manicure, depilação..].. Mais pra frente volto pra pegar contato..

Camila disse...

Acho que é melhor você ir lá e conversar com a cabeleireira que quer comissão nos serviços indicados, porque eu também já anotei a dica aqui. Apesar que eu só corto o cabelo uma vez por ano, ou uma vez a cada dois anos, então até dá pra esperar vir ao Brasil :)

Beijo,

K.

Ci disse...

@Re: sou tímida Re, nada de fotinho... mas depois pessoalmente vc ve como ficou ;)

@Andrea: a parte boa é q cabelo curtinho igual ao seu é só 13 doletas. assim q vc chegar te passo as coordenadas!

@Anne: sem problemas, estou por aqui ;)

@Camila: mas vc já reparou como aqui o cabelo e as unhas crescem mais depressa? não sei se vc esteve aqui antes, para para mim, todas as vezes q vim percebi isso. Mas a Widad é tão gente boa q vou ficar feliz se mais pessoas foram cortar com ela, nem preciso de comissão, só de saber q foi bom para os dois lados já estou feliz!

Anônimo disse...

Oi Ci, faltou uma fotinha de vocês, né? Precisamos ver se ficou bom mesmo..rsrsrs
Viu, to curiosa pra saber uma coisa. Vc comentou há um tempinho que estava perdida no seu trabalho. E aí, como está? Já pegou bem o inglês?E o trabalho em si, tem algum feed back?Há alguma possibilidade de vc ficar e receber salário?
beijos

Carol

Anônimo disse...

Oi Ci!!! poxa não estou com sorte em atender vc! Ouvi o alerta do cel. ontem, mas achei que era da tv. qdo me dei conta, saí correndo pra atender. Mas o alerta tiha acabado de parar de tocar. Não conseguia responder o rádio. Aí fiquei na dúvida se não consegui te atender pelo alerta, ou se pq ele tinha parado de tocar. Mas, ficarei mais atenta!!!rsrsrs

bejos pra vocês.


CArol

Anônimo disse...

Oi Menina!
Num saiu caro, valeu a sua pesquisa. Acho que a mulherada vai querer a sua indicação - eu entro na fila :) Abraços!
Thásia

MKT disse...

Oi! Minha esposa adorou este post! Esta é minha primeira visita ao seu blog, pena que não vi antes: tb trabalho com MKT, tb mergulhamos... Aliás, além do IMAX, onde se mergulha por aí (se é que se mergulha)? Tem que ir para a Flória? rs...Abraço e boa sorte!
Renato
www.torontoconnection.blogspot.com

Taís Jacques disse...

Olha não bem lembro bem, mas creio que já tenha deixado mensagens p/ vcs quando ainda estavam no Brasil...Vou ver se acompanho mais seguido o blog de vcs...Essa sua dica da cabeleireira vaí salvar muita gente, inclusive eu, que tenho que cortar o cabelo mais ou menos seguido, quando espero, ir para Toronto, mas isso só ano que vem...

abraços,

Taís Jacques