quarta-feira, 30 de abril de 2008

Pão de Queijo


Em homenagem às minhas grandes amigas mineiras e tambem à minha grande amiga paulista que me mandou!

Sem esquecer dos direitos autorais da linda foto by Prato Fundo, claro! :)

Pão de Queijo

Dois pães de queijo estavam brincando de esconde-esconde.

Enquanto um "batia cara" o outro se escondeu no forno.

Quando o que estava procurando encontrou o pão de queijo que estava escondido no forno, o que ele disse?

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

ASSÔ!

terça-feira, 29 de abril de 2008

Visita da CFIA



Hoje recebemos a visita da CFIA (Canadian Food Inspection Agency), onde o veterinario responsavel pela quarentena do Bunny veio fazer a avaliacao da casa e do quarto onde o Bunny esta e deixar mais alguns papeis para entrar na PSTB (Pastinha da Saga de Trazer o Bunny).

Eram umas onze da manha quando ele chegou e por incrivel que pareça, foi super tranquilo. Ele foi direto ao quarto onde ja tinham pre-autorizado a permanencia do Bunny, olhou os comedouros, perguntou sobre a racao e a cenoura, verificou a caixa de transporte que usamos para traze-lo para ca... e enquanto isso, o Bunny so olhando quem era aquele ser estranho que tinha entrado no quartinho (e nos rezando para ele nao invocar com o vet.. pq senao ia acabar sobrando uma mordida no tornozelo! rss).

Depois disso saimos do quarto, mostramos toda papelada dele (autorizacao de saida do Brasil - emitida pelo Ministerio da Agricultura do Brasil, autorizacao de entrada no Canada - emitida pela propria CFIA, e mais documentos de autorizacao de transporte pela Air Canada, ufa!).
Ele nos deu mais um documento que eh a autorizacao de quarentena, onde estao as intrucoes de que ele deve ficar no quarto sem contato com outros animais, ter um cercadinho (que ainda iremos comprar) para que nao haja o risco dele fugir, e bla bla bla... o vet ainda reclamou que o pessoal do aeroporto nao avisou a CFIA quando nos chegamos (hehehe) e que ainda bem que nos ligamos para eles! E que nem vamos precisar ter visitas semanais para verificar o estado de saude do Bunny pois ele esta bem e com o papel de autorizacao da quarentena, ele so precisara ficar por 30 dias em observacao, claro, observacao por nos, e entao depois desse tempo, o vet volta aqui novamente para dar o papel final da aprovacao do Bunny no Canada.

Ufa, com isso chegamos no penultimo capitulo da saga de trazer o Bunny para ficar conosco. Nem tenho mais vontade de ficar lembrando o caos que foi no Ministerio da Agricultura no Brasil, das horas que perdi com a ma vontade das pessoas de la para dar um carimbo ou colocar uma assinatura no papel. Tudo bem que fiquei meio decepcionada quando o vet daqui nem pegou o Bunny para ve-lo de perto, mas melhor assim do que a bagunca que eh no Brasil.

Ah e ficou faltando a foto do dia... o carro da CFIA que parou aqui na porta de casa, todo sinalizado, queriamos tanto ter tirado uma foto... mas aih o vet nao deu nenhuma chance e ficamos muito sem graca de pedir... entao fica soh na memoria mesmo, quem sabe daqui 30 dias quando ele voltar, consigo a foto do carro, neh?

bjs, boa noite,
Ci.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Domingo e hoje


Esses nossos dois ultimos dias foram otimos tambem (to ficando repetitiva, neh?) mas nao podemos reclamar de nada, nem do friozinho que fez hoje porque tiramos nossos casacos mais grossos e mesmo com o ventinho frio continuamos caminhando e fazendo tudo que precisavamos fazer.

O TTC voltou a funcionar, continuamos na companhia de amigos e hoje aproveitei para comprar cenourinhas para o Bunny. Alias, tava demorando para eu colocar uma fotinha dele aqui, ne? Ele nao eh fofo demais?? Outro dia conto com detalhes a saga que foi traze-lo para ca, acho que soh realmente quem tem um bichinho e o ama consegue entender porque senao, ja teria desistido e deixado-o no Brasil.

Mas o legal eh que trouxemos a raçao la do Brasil para ele e assim que comprei a raçao daqui, fui misturando com a brasileira para ele nao sentir o impacto, ir se acostumando... e nao eh que o danadinho agora gosta mais da raçao daqui do que da brasileira? Ele ja esta comendo a raçao daqui normalmente e ai fica separando a brasileira para so comer quando a canadense acabar! Ficamos surpresos mas muito felizes pois pelo menos com a raçao, esta tudo certinho.

No pet shop tem tudo que podemos imaginar, acabamos comprando alguns brinquedinhos para ele tambem e hoje compramos cenoura fresca, ele adorou e devorou a primeira durante o dia inteiro. Achar nao foi dificil pois em mercadinhos por aqui tem bastante coisa fresca e o pacote com umas 6 cenouras custa pouco mais que 1 dolar. Valeu a pena e ele ficou super feliz.

Amanha vem o veterinario da Agencia Sanitaria de Toronto visitar o Bunny, vamos so ver por mais quantos dias ele ficara vindo aqui ate terminar a quarentena (pois como coelhos nao sao vacinados como cachorros ou gatos, para ele ficar aqui tem que ficar em observaçao por 40 dias). Ainda bem que a quarentena pode ser feita em casa mesmo e depois de uma pre-aprovacao que tivemos da agencia sanitaria daqui, o Bunny esta tranquilo no quarto de solteiro dele, hehehe.

bjs para todos, boa noite,
Ci.

domingo, 27 de abril de 2008

Terceiro e Quarto dias


Oi gente,

Passamos sexta e sábado super bem, encontramos amigos que já conhecíamos há anos e também novos amigos que estamos conhecendo agora.

Na sexta-feira ficamos a tarde inteira rodando por aí e terminamos a noite num jantar agradabilíssimo em um restaurante onde a garçonete é brasileira (e, pasmem, amiga também de novos amigos que conhecemos ontem, sábado) e quando chegamos em casa, só conseguíamos olhar a cama para nos preparar para o sábado.

O mais interessante de estar aqui é que vira e mexe você encontra alguém que já te conhece pelo blog, ou então que é amigo do seu amigo, muito engraçado mesmo. Cada vez mais percebo que o mundo não é pequeno não, ele é sim muito mal distribuído!

Falando um pouco de sábado, ontem saímos para providenciar algumas coisas e quando íamos para outra estação de metro encontrar outro amigo... eis que estava tudo fechado. Sem nenhum aviso, sem nenhuma notícia no dia anterior... simplesmente o TTC (sistema de transporte) entrou em greve e não avisou nada! Ou seja, metrô, ónibus, street car, tudo em greve...
Até pensamos em alugar um carro mas como sabíamos que passaríamos ontem e hoje praticamente boa parte do dia em encontros, não valeria a pena gastar dinheiro e não aproveitar o carro... acabamos pegando a carona de um amigo para irmos à outra cidade onde tínhamos o encontro e depois do churrasco, pegamos outra carona para voltar pra casa (nem preciso falar a vergonha que estou de tanta carona que estamos pegando esses dias, né?) Graças a Deus temos grandes amigos e muita gente conhecida por aqui, senão com certeza tudo que está tão fácil começaria a ficar um pouco mais complicado.

No final do sábado (ontem), fiquei com dor de cabeça. Acho que meu corpo estava querendo me avisar que tantas semanas sem dormir direito e mais um monte de adrenalina que eu estou jogando nele, ele não está curtindo muito não... aí que veio a dor de cabeça para me colocar na cama e dormir bastante, descansar, para hoje acordar bem novamente. Tivemos que desmarcar um jantar e fiquei bastante chateada com isso, mas também me conheço e sei que se não tivesse sido obrigada a dormir um pouco com a dor de cabeça, ia querer cada vez mais exigir do meu corpo disposição para fazer tudo que minha mente quer fazer.

Bom, é isso aí... esses foram nossos terceiro e quarto dias. Começo hoje, nosso quinto dia, escrevendo um pouco por aqui, depois respondendo alguns e-mails, para na hora do almoço irmos para outro encontro.. é bom pois assim mato um pouco as saudades de estar entre pessoas queridas e que tanto amo... mas que agora estão no Brasil e eu, nas escolhas da vida, estou fisicamente longe delas. Saudades de todos que eu amo e também daqueles que acabei me acostumando em estar ao lado... depois escrevo mais.

bjs, ótimo domingo para todos!
Ci.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

2o. Dia - Impressoes

Oi, pessoal.

Minha vez de colocar aqui algumas sensações e contar tb algumas coisas:
- Posto de Imigrantes: Fomos atendidos no balcao de informacoes, e em 15 minutos já estávamos de saída, com o protocolo do nosso SIN Card (principal documento canadense) na mão. Extremanente ágil e organizado. Aprende, Brasil ...
- Comida: Por incrível que pareça, estamos nos alimentando aqui melhor do que quando morávamos sozinhos no Brasil. Ontem, pra ter uma idéia, almoçamos em um restaurante aqui perto. Cardápio escolhido: Haddock (peixe sem nenhuma espinha) + salada + fritas. Tudo por CAN$ 17,00 (+- R$ 25,00), para os dois.

Fatos engraçados/interessantes, presenciados ontem:
- Day Care: Presenciamos as professorinhas levando as crianças "para passear". Pra nós foi cômico, pq há uma espécie de corda e uma das mãozinhas de cada crianca (deviam ter, sei lá, 2 anos) estavam delicadamente "amarradas" nessa corda.
- Briga no trânsito: Um cara foi estacionar o carro na rua, mas entrou de frente e nao fez a baliza, de maneira que a traseira do carro já estacionado ficou atrapalhando o transito. Vinha um outro cara de bike, o cara parou a bicicleta e começou a discutir com o primeiro, o negócio esquentou e ouvimos toda sorte de palavrões em inglês (muito engraçado por sinal), por fim o cara da bicicleta simplesmente cuspiu no carro e saiu em disparada. Cada coisa ...
- Onibus: Estávamos no telefone publico, que era na frente do ponto de ônibus. Havia uma senhora de idade aguardando. O ônibus parou e, pasmem, a frente do ônibus simplesmente "desceu", de maneira a facilitar a entrada da senhora no coletivo, que show ! Pra que conhece carros, imagine o Citroen Xantia quando abaixa a suspensão, é a mesma coisa, só que na parte dianteira somente.


Bom, pessoal, por enquanto é só, até +.

Bjs e [ ]'s

Dan.

Segundo dia em Toronto - dia 24/04


Nosso segundo dia (prá variar) foi super agitado. Tão agitado que nem tempo de postar alguma coisa aqui eu consegui... ficamos fora de casa o dia inteiro e de noite fechamos o dia num jantar na casa de amigos, com vinho, um belo risoto e uma conversa prá lá de especial. Conclusão, ontem foi chegar em casa e capotar na cama!

Mas vou voltar pro início do dia de ontem... quando acordamos no Canadá como imigrantes pela primeira vez. Mesmo já vindo para cá algumas vezes, minha prima bem me escreveu que seria diferente, afinal, estava agora num lugar onde é a minha casa e não mais um local de passeio. E realmente foi assim... acordamos com aquela sensação de "onde estamos? ah, em casa!" e parece que conforme as horas vão passando, cada vez mais meu sentimento vai ser formando e percebendo que, finalmente, estou no lugar por onde tanto tempo queria que fosse (e agora é) minha casa. Claro que o ideal seria ter as pessoas que amamos aqui ao lado também, mas como muitas coisas, não conseguimos ter tudo que queremos. Por enquanto, estar aqui e perceber que estou cada vez mais "em casa" está ótimo para os primeiros dias!

Arrumamos algumas coisas pela manhã, o Bunny já se acostumou com a ração daqui (e pelo jeito adorou), saímos para tirar mais alguns documentos, comprar o que precisávamos e novamente, o dia vôou. Presenciamos algumas coisas engraçadas durante o dia, depois o Dan escreverá para contar um pouquinho mais. E eu fico por aqui, porque hoje será outro longo dia cheio de atividades... mas isso é assunto para outro post.

bjs, ótimo dia para todos,
Ci.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Chegamos!!


Sim, sim, chegamos em Toronto hoje!!

Logo pela manhã aterrisamos aqui e mesmo com algumas turbulências durante o vôo, foi bem tranquilo. De todas as vezes que vim para cá essa foi a única que não consegui dormir muito no avião, acho que eu estava (e estou) tão pilhada que a adrenalida demora para abaixar... rss.. Mas o mais gostoso da chegada foi pegar o Bunny e ver que ele veio sã e salvo :)

Assim que desembarcamos passamos pela imigração, pegamos um agente muito gente boa que fez toda papelada rapidamente (em breve receberemos nosso PR Card em casa) e até brincadeiras e algumas tiradas trocamos com ele. Depois disso, foi só pegar as bagagens, o Bunny e sair ao encontro de um amigo nosso que nos esperava lá fora. Ainda bem que o carro dele é grande... nossa, até pareceu mesmo que viemos de mudança para cá! rss

O dia correu bem, chegamos aqui na casa alugada junto com a proprietária, descemos as bagagens, demos uma olhada nos cômodos, instalamos o Bunny no quarto de solteiro que será o dele e depois, foi só alegria saindo a pé para reconhecer as redondezas. Lê, vc não vai acreditar, estamos bem no bairro Grego de Toronto, tem até ruas e lojas com palavras escritas em grego, lembramos muito de vc nos nossos passeios à pé!

O tempo está exatamente igual ao de São Paulo, chegamos em uma época boa pois dá para andar tranquilamente e creio que até o próximo frio chegar, já estaremos bem instalados por aqui, não necessariamente aqui nesta casa, mas aqui na cidade que, se tudo der certo, já teremos um cantinho mais definitivo.

Depois do passeio pelas redondezas saímos para almoçar, quem disse que frutas e verduras são tão difíceis e caras por aqui?? (acho que fui eu mesma que um dia comentei isso quando numa das viagens vi um papaya por 4 dólares!) mas aqui pertinho achamos uns restaurantes bons e vários mercadinhos com muita coisa frequinha. O almoço foi tão saudável que de sobremesa comemos uma salada de frutas com iogurte, acredita?

Passando a curtição fomos ao trabalho: abrimos conta de banco, compramos as coisas aqui da casa, passamos no pet shop (e foi uma delícia depois perceber que o Bunny gosta mais da ração daqui do que a do Brasil!) além de rodar bastante pra lá e pra cá providenciando as coisas necessárias aqui da casa que mesmo já estando mobiliada, precisa de coisas para cozinha, banheiro, cama, tranqueirinhas pessoais e tudo mais.

São quase onze da noite e ainda vou tomar um banho para depois dormir, mas estamos bem satisfeitos com o andamento de tudo, valeu a pena planejar bastante, aprender a controlar as espectativas, conhecer tantas pessoas legais por aqui que tanto nos ajudaram (ajudam) e ainda ajudarão... vou dormir com o melhor sentimento que poderia ter no meu coração, o de gratidão!!!
Desde minha família que é a responsável por ter me orientado e me formado, até o marido maravilhoso que está aqui ao meu lado, meus amigos que independente de estarem no Brasil, na Europa ou no Canadá, sempre serão meus amigos... e principalmente, ao Universo que sempre conspira ao meu favor. Obrigada, obrigada, obrigada, não tenho palavras para agradecer como meu coração hoje vibra de gratidão.

bjs, boa noite,
Ci.

domingo, 13 de abril de 2008

Quando este blog entra no ar...

A partir do dia 23 de Abril, nosso primeiro dia como imigrantes no Canadá.